Gelatina Pode Ajudar no Combate à Celulite

Você gosta de gelatina? Ela ajuda a combater a celulite, mas é preciso ter alguns cuidados.

Artigo publicado por Lilian Santana nas categorias: Alimentação

Adeus Celulite

De tão simples e indolor nem parece parte de um tratamento contra a celulite. O consumo de gelatina é recomendado em estudos e por especialistas para ajudar na prevenção e combate ao problema estético número um das mulheres, mas muitas delas não acreditam que possa ser possível. Afinal, a gelatina é um doce, guloseima, uma sobremesa.

Mas para quem está pensando em investir nas gelatinas para acabar celulite, tome cuidado, porque o tiro pode sair pela culatra. A grande quantidade de açúcar encontrada na sua composição pode aumentar a camada de tecido adiposo pelo acúmulo dos carboidratos que acabam se transformando em gordura. O emagrecimento faz parte do combate ao celulite, ou pelo menos a troca da massa de gordura pela massa magra, a muscular. Para isso é preciso consumir alimentos hipocalóricos, com pouca caloria, e aumentar os gastos do organismo. A gelatina do tipo “light” ou “zero”tem uma importante função nesse quesito porque ele é uma sobremesa de vários sabores, doce e hipocalórica, ajudando assim a substituir os doces mais gordurosos e cheios de açúcar que devemos evitar.

Gelatina Ajuda no Combate a Celulite

De onde vem a gelatina?

A gelatina é produzida a partir de uma proteína chamada colágeno, bastante encontrada no tecido conjuntivo dos animais, inclusive no nosso. O colágeno utilizado na fabricação dessa deliciosa sobremesa é retirado da pele do boi. O processo de preparação não é muito simples e passa por várias etapas como extração, filtragem, concentração, esterilização, secagem e moagem. Depois de tudo isso é que a gelatina se transforma no pó que conhecemos, onde ainda são adicionados com corantes, conservantes e adoçantes.

Mas não se preocupe porque só o que vai para o nosso estômago são as proteínas. No processo químico para transformar o colágeno bovino em pó usam-se substâncias químicas para retirar os restos de gordura e fibra do animal.

Nota sobre o colágeno

O colágeno nada mais é que uma proteína, que o corpo naturalmente produz e que está ligada à manutenção da composição da pele em sua forma original, com todas as camadas de tecidos dispostas de forma ordenada e funcional.

As fibras do colágeno mantêm a integridade do tecido e a aparência também, além de ser um dos elementos que promovem a boa circulação e a eliminação eficiente de toxinas. Dessa forma, o colágeno é um dos inimigos da celulite (e nosso amigo por consequência), sendo que a falta dessa substância pode agravar a celulite e a flacidez, piorando muito o aspecto da pele.

A reposição de colágeno é recomendada especialmente após os trinta anos, quando o corpo humano passa a diminuir a quantidade da proteína produzida de forma natural e contínua. Lembre-se que o colágeno não atua somente contra problemas como a celulite, sendo importante também para a manutenção da saúde e beleza dos seus cabelos e unhas.

Gelatina contra a flacidez

Redução da Flacidez

O tecido conjuntivo é composto em grande parte pelas fibras de colágeno, pois são elas que dão sustentação aos tecidos moles como órgãos e pele. Quanto mais colágeno você tem, mais firme a sua pele fica e é por isso que produtos baseados nessa substância são tão bem recebidos pelos consumidores.

Para obter os efeitos que o colágeno pode nos trazer o ideal é consumir, pelo menos, de 8 a 10 gramas por dia. Infelizmente essas gelatinas que encontramos nas prateleiras dos supermercados não são as ideais para reduzir a celulite. Elas contêm muitos aditivos químicos e bastante açúcar, portanto é melhor você recorrer a uma loja de suplementos alimentares para achar a gelatina adequada para o consumo de colágeno.

Você pode colocar seu próprio saber no pó adicionando suco de frutas para amenizar o gosto sem graça. A melhor gelatina para o consumo é a que possui colágeno hidrolisado, pois a proteína irá se desfazer no organismo em partes cada mais menores, tornando mais fácil para o intestino absorvê-la.

O resultado do consumo regular de gelatina poderá aparecer em até três meses, sendo continuado à medida que o uso seja mantido. Mas vale lembrar que apenas o consumo na forma de alimentos funciona, já que as máscaras, cremes e métodos de aplicação superficial do produto não vão adiantar. Nem a nossa pele nem os cabelos possuem a capacidade de extrair o colágeno da gelatina dessa forma, então prepare a sua gelatina e faça dela a sua sobremesa ou o seu lanche da tarde, e terá a injeção de colágeno suficiente para os efeitos positivos contra a celulite.

Leia também esses meus artigos abaixo:

Espero que tenha gostado das dicas e cuidados sobre a gelatina e celulite. Até mais!

Lilian Santana

Autora

Lilian Santana é formada em educação física e nutrição. Criou um blog para ajudar mulheres que enfrentam os mesmos problemas que ela já passou: os temíveis furinhos da celulite!



Escolhido Para Você

Adeus Celulite

Comente!




*Campos obrigatórios