Ácido Hialurônico x Celulite

Quer acabar com a aparência indesejável da pele em pouco tempo? O ácido hialurônico pode ser a solução.

Artigo publicado por Lilian Santana nas categorias: Tratamento

Adeus Celulite

Sabe aquela frase “pele de bumbum de bebê”? Pois é, você já teve essa pele lisinha, sem uma linha de expressão, com elasticidade que todo mundo quer ter pra vida toda. Infelizmente, biologicamente falando, isso é impossível já que com o passar dos anos nosso metabolismo reduz, diminuindo a síntese de diversas substâncias que são produzidas pelo nosso organismo.Ácido Hialurônico Contra Celulite

Entre essas substâncias está o ácido hialurônico, presente no líquido sinovial das articulações, no humor vítreo dos olhos e no tecido conjuntivo, participando da formação do colágeno. O importante é: quanto mais ácido hialurônico sua pele tem, mais elástica ela fica e mais linda ela é. O ácido preenche os espaços entre as células dos tecidos, quando ele diminui, os espaços ficam vazios deixando a pele irregular e causando rugas.

O que é?

O ácido hialurônico é uma substância produzida pelo corpo humano e depende da atividade enzimática da hialuronan sintetase. Está presente em todos os sistemas orgânicos, pois ele também é usado no reparo de lesões, mas a sua maior porcentagem está na pele com 56% do total da substância. Você também pode encontrá-lo na forma sintética, que quando utilizado na medicina estética, tem o objetivo de preencher rugas e sucos ou dar volume através de uma injeção na camada média ou profunda do tecido tegumentar. É produzido a partir da fermentação do Streptococcus zooepidemicus e no mercado, o ácido é encontrado na forma de um sal, o Hialuronato de Sódio a 1%.

Ação Anticelulite

É principalmente utilizado como um creme hidratante para a pele, pois possui alto poder de prevenir a desidratação cutânea, melhora a elasticidade da pele deixando-a mais firme. O procedimento de injeção do ácido no tecido subcutâneo visa homogeneizar o relevo da pele, deixando-a sem aquelas ondulações indesejáveis, através do preenchimento dos espaços vazios. É uma forma de minimizar a aparência da pele de forma rápida e imediata com apenas três aplicações no mês. O local pode ficar um pouco inchado pela formação e edema e com hematomas, mas o visual já melhora com cerca de 15 dias.

Ácido Hialurônico

A injeção do ávido é mais de indicada para pessoas que possuem grau 3 ou grau 4 de celulite, onde os furinhos são mais visíveis. O efeito da aplicação dura em média um ano e meio se a pessoa seguir uma vida de dieta balanceada e exercícios físicos, se não os resultados vão embora em menos de um ano. Outra coisa muito importante é procurar um profissional de confiança, que você já tenha visto os resultados em outra pessoa, pois se o ácido hialurônico for aplicado de maneira errada, a pele pode ficar com mais ondulações do que já está.

Como é aplicado

A paciente precisa se submeter a uma anestesia local antes da aplicação, que é feita por injeção no local afetado. O processo não tem contraindicações; algumas mulheres sofrem com inchaço ou hematomas na área, preenchida, mas esses efeitos colaterais duram até quinze dias, no máximo. Os especialistas recomendam não mexer muito na área onde foi feito o preenchimento nos primeiros dias.

Faça o preenchimento em um local de confiança e cheque o produto que será aplicado primeiro. O ácido hialurônico usado para tratar a celulite possui moléculas maiores do que o ácido utilizado em preenchimentos na face. Infelizmente, algumas clínicas agem de má fé e usam o mesmo ácido para aplicações na face no bumbum e nas coxas, o que é ilegal e não trará os resultados prometidos. Além disso, o ácido errado na área errada pode levar a formação de nódulos e outros problemas de pele.

Não use apenas o preenchimento como tratamento para a celulite. Aproveite que o aspecto de seu bumbum e pernas melhoraram e procure uma boa dieta e exercícios anticelulite para elimina-la de vez.

Pra quem é indicado?

Esse procedimento não é recomendado pelos especialistas para todas as mulheres. O ideal é que ele seja utilizado apenas nos casos mais severos, como por exemplo do grau de celulite III ou grau IV. Nos casos das meninas magras que possuem pouca celulite, há outros tratamentos menos invasivos e mais indicados para acabar com o problema em pouco tempo. Lembre-se na hora de procurar o tratamento de buscar uma clínica que você confie e que tenha experiência nesse tipo de aplicação, já que ela é subcutânea e precisa ser realizada com uma técnica específica para ter efeito, e também para não acabar prejudicando a sua pele.

Lilian Santana

Autora

Lilian Santana é formada em educação física e nutrição. Criou um blog para ajudar mulheres que enfrentam os mesmos problemas que ela já passou: os temíveis furinhos da celulite!



Escolhido Para Você

Adeus Celulite

Comente!




*Campos obrigatórios