Como Surge a Celulite Alérgica

Se você sente dor de barriga abdominal e diarreia com frequência, sua celulite pode ter uma causa pouco comum.

Artigo publicado por Lilian Santana nas categorias: Tipos

Adeus Celulite

As pesquisas científicas destinadas ao mundo da estética não param. Foi descoberto um novo tipo de celulite: a alérgica, causada por alimentos. Ainda não se sabe a qual alimento este mal está associado, mas o provável vilão desta guerra é o famoso glúten, uma proteína composta por outras duas proteínas: a gliadina e a glutenina.

Com certeza você já deve ter visto em algum lugar, na embalagem de algum alimento, a frase “contém glúten”. Ela é um alerta para as pessoas que tem intolerância ao glúten e são alérgicas a essa proteína e você pode ser uma delas. O glúten é encontrado principalmente em grãos como o trigo, a aveia, a cevada e o centeio. Quem tem alergia não deve comer nenhum alimento derivado desses produtos como pães, bolos, massa dentre outros.

A Doença do Glúten

Alimentos com Glúten

Também é chamada Doença Celíaca, faz parte do rol de doenças autoimunes (doenças que células de defesa atacam tecidos do próprio organismo), e atinge principalmente o intestino delgado podendo provocar os seguintes sintomas:

  • Diarreia;
  • Dor abdominal;
  • Osteoporose;
  • Dermatites;
  • Emagrecimento;
  • Prisão de ventre;
  • Alterações hepáticas;

Alguns sintomas são mais silenciosos, tornando-se assim, uma doença difícil para fornecer de forma rápida um diagnóstico preciso. Normalmente, os portadores já possuem uma predisposição genética que acaba sendo desencadeada pela ingestão de glúten.

Hipersensibilidade ao Glúten

Caso de Celulite

Existem também aquelas pessoas que não possuem a Doença Celíaca, mas possuem uma hipersensibilidade à essa proteína, mais do que outras pessoas. Elas podem ter o que se chama de Síndrome do Intestino Irritável (ou Síndrome do cólon irritável) e uma das causas dessa doença, são os movimentos de alongamento do intestino durante a digestão que podem ocasionar fortes dores abdominais. Também é desencadeada frequentemente pelas emoções como estresse ou cansaço e ocorre em qualquer idade.

Tratamento

Não tem muito segredo, o que se recomenda é cortar definitivamente o glúten da dieta e assim seus problemas acabarão como num passe de mágica, além de proporcionar perda de peso. Há aqueles que mesmo estando sob esse tipo de dieta costumam apresentar os sintomas. Nesse caso, provavelmente, a doença celíaca foi descoberta em uma fase tardia e já está associada à hipersensibilidade.

Dieta sem Glúten

Mas não se preocupe, pois você não vai morrer de fome. As indústrias já fabricam alimentos próprios para essa parte da população, fazendo com que as modificações no dia a dia não sejam tão severas. Você é livre para ingerir alimentos como: arroz, batata, milho, mandioca, sucos de frutas e de vegetais, refrigerantes, chás, vinhos e outra infinidade de alimentos. No site da ACELBRA (Associação de Celíacos do Brasil), você encontra uma lista contendo tudo o que é permitido e proibido.

Se você identificou que sente esses sintomas mais frequentemente que outras pessoas, o melhor a fazer é procurar o médico. Quanto antes o problema for resolvido, mais rápido você se sentirá melhor e sua celulite irá para o espaço.

Teste de Reação

Você pode já ir fazendo um teste em relação a qual alimento provoca essa alergia retirando-o do prato por trinta dias e vendo se a aparência melhora. Isso, claro, se você tiver certeza que sua celulite não vem por aumento de peso ou retenção de líquido. Observe, por exemplo, o quanto você provavelmente irá emagrecer se tirar o glúten do seu cardápio por trinta dias. Caso a celulite seja alérgica, ela irá sumir nesse espaço de tempo.

Para quem quer fazer o teste com o glúten, tente comprar alimentos em lojas especializadas em dietas alternativas, pois há produtos feitos para quem não pode comer glúten. Por sinal, por causa das alergias ao glúten que existem por aí (muitas delas com reações bem piores que os furinhos), todo alimento industrializado deve ter um aviso na embalagem quando contém glúten.

Os alimentos com alto índice glicêmico, ou seja, os doces e as massas, também podem provocar inflamações e, consequentemente, celulite. O ideal para manter a pele livre de furinhos é evitar esses alimentos, mesmo que você não seja alérgica e comê-los com bastante moderação e uma frequência muito menor do que a que estamos acostumados.

Lilian Santana

Autora

Lilian Santana é formada em educação física e nutrição. Criou um blog para ajudar mulheres que enfrentam os mesmos problemas que ela já passou: os temíveis furinhos da celulite!



Escolhido Para Você

Adeus Celulite

Comente!




*Campos obrigatórios